Um dos grandes cartões-postais da capital baiana foi o mais alto elevador urbano do mundo e o primeiro edifício público modernista no Brasil.

em 07 de dezembro de 2017

“Quem chega na Praça Cayru/ Olha pra cima, o que é que vê?”. A figura citada nos versos iniciais da canção Retrato da Bahia, conhecida na versão do Trio Nordestino, não deixa mentir: o retrato fiel da Bahia tem a presença de um dos equipamentos mais queridos, visitados e fotografados de Salvador. E justamente no mesmo dia da celebração pelo dia da padroeira da Bahia, Nossa Senhora da Conceição, o Elevador Lacerda comemora exatos 144 anos de inauguração.
 
Com construção iniciada em 1869 e inaugurado em 8 de dezembro de 1873, o cartão-postal da capital baiana foi o mais alto elevador urbano do mundo e o primeiro edifício público modernista no Brasil. Concebido pelo engenheiro Antonio de Lacerda e construído pelo irmão Augusto de Lacerda, inicialmente foi denominado Elevador Hidráulico da Conceição. Isso porque o maquinário contava com uma bomba a óleo movida originalmente por uma máquina a vapor para fazer o transporte de pessoas entre 63 metros de altura. O nome Lacerda – em homenagem ao idealizador – foi concretizado em 1896. A inauguração da estrutura atual ocorreu em 1º de janeiro de 1930. Devido à importância, o ascensor foi tombado como patrimônio cultural pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 7 de dezembro de 2006.

Parceiros